Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

MUSEU DO AMANHÃ - Convite à Reflexão

 

 

O Museu do Amanhã é a peça central do Projeto Porto Maravilha, cujo objetivo principal era revitalizar o centro do Rio de Janeiro, mais precisamente, a região da Praça Mauá e do Porto. Foi construído aproveitando o momento de injeção de recursos na cidade por ocasião da realização da Copa do Mundo, em 2014, e dos Jogos Olímpicos, em 2016.

Com relação a esse objetivo podemos dizer que o Projeto tem atingido plenamente sua função. A região passou a atrair inúmeros visitantes e também moradores da cidade. A frequência ao Museu também é bem grande e ele tem atraído a atenção de muitos turistas.

Entretanto, com alguma tristeza, vemos que o Museu não tem recebido a devida atenção do poder público. Alguns problemas de manutenção já começam a aparecer e complementos da obra que deveriam ter acontecido após a realização dos Jogos Olímpicos, como o término do jardim que fica ao redor do museu, por exemplo, aparentemente foram abandonados.

Outro exemplo são os espelhos d'água que ficam ao redor da construção. Vemos a água sempre bem suja.

Queremos crer que essa situação seja momentânea e que, tão logo os sérios problemas financeiros enfrentados pelo Estado e pela Prefeitura sejam resolvidos, o museu passará a ter o tratamento que merece, até mesmo como pólo divulgador do turismo na cidade.

 

LOCALIZAÇÃO

 

 

O Museu é bem bonito. O projeto é do arquiteto espanhol Santiago Calatrava que tem também obras importantes em algumas cidades do mundo. Ele fica localizado na Praça Mauá, centro do Rio de Janeiro. 

 

 

Em frente ao Museu do Amanhã, ainda na Praça Mauá, temos o MAR - Museu de Arte do Rio, formado por esses dois prédios onde a junção do tradicional com o moderno foi feita por um bonito teto imitando as ondas do mar. O prédio da direita é o Palacete D. João VI, inaugurado em 1916 e totalmente restaurado para abrigar as exposições do Museu. O MAR também tem uma boa programação de exposições e um restaurante panorâmico. Vale a visita.

 

 

A foto acima foi tirada a partir do restaurante panorâmico do MAR.

 

 

Ao lado do Museu do Amanhã temos o Porto onde ficam ancorados os cruzeiros que chegam à cidade. Uma caminhada de 5 a 10 minutos separa o porto do Museu.

 

COMO CHEGAR

 

METRÔ - Desça na estação Uruguaiana. Caminhe pela Avenida Presidente Vargas no sentido da Avenida Rio Branco. Ao chegar na Avenida Rio Branco vire à esquerda e caminhe até a Praça Mauá. Cerca de 20 minutos de caminhada.

TÁXI - Peça para ir ao Museu do Amanhã, na Praça Mauá. O local é bem conhecido.

CARRO - O local é de fácil acesso. O problema está no preço dos estacionamentos próximos. Você deverá pagar cerca de R$ 30,00 / R$ 40,00 por algumas poucas horas.

VLT - Veículo Leve sobre Trilhos - É o trenzinho que aparece na foto tirada do restaurante do MAR, um pouco mais acima. Esse transporte liga o aeroporto Santos Dumont à Rodoviária Novo Rio. Se você quer usar o metrô mas não quer caminhar os 20 minutos da estação Uruguaiana até lá, uma boa opção é descer na estação Carioca do metrô e pegar o VLT em frente. Desça na Parada São Bento ou na Parada dos Museus. Em qualquer uma das duas basta uma caminhada de 5 minutos para chegar ao Museu do Amanhã.

 

INGRESSOS

 

Os ingressos para o Museu do Amanhã devem ser comprados pela internet a partir do site do próprio museu. Com a vantagem de poder agendar o horário da sua entrada, o que facilita o controle de lotação pelo museu.

Para ingressos clique ao lado - INGRESSOS MUSEU DO AMANHÃ

Você pode comprar também no local, mas estará sujeito à disponibilidade e poderá encarar uma fila grande em alguns dias.

PREÇOS : Inteira - R$ 20,00 / Meia - R$ 10,00 / Museu do Amanhã + Museu de Arte do Rio - R$ 32,00

IMPORTANTE: Se for possível NÃO VÁ EM UMA TERÇA-FEIRA. Nestes dias o acesso é gratuito para todos. Muitas escolas levam seus alunos nestes dias e o Museu fica muito cheio.

As informações abaixo foram extraídas do site:

- O Museu funciona de terça a domingo, das 10h às 18h, com última entrada às 17h.

- Entrada gratuita às terças-feiras (o voucher deve ser retirado somente na bilheteria do Museu).

- O ingresso é válido para o dia e hora agendados, sem possibilidade de alteração. Chegue no horário marcado para garantir a sua entrada. Exemplo: O ingresso para as 10h poderá ser utilizado entre 10h00 e 10h59.

- O Museu fica fechado ao público às segundas-feiras para manutenção.

- O Museu do Amanhã é uma atração com grande procura e sujeito à lotação. Planeje a sua visita antecipadamente pois seu ingresso não garante a entrada em todas as experiências e exposições. Em situações excepcionais visando maior conforto e segurança de todos, as filas podem ser encerradas com antecedência.

Meia-entrada *

-> Pessoas com até 21 anos;

-> Estudantes de escolas particulares;

-> Estudantes de universidades particulares e públicas;

-> Pessoas com deficiência;

-> Servidores públicos do município do Rio de Janeiro;

-> Moradores ou naturais da cidade do Rio de Janeiro;

-> Clientes Santander.

Gratuidade *

O Museu do Amanhã oferece ingressos gratuitos a diversos públicos. Caso você pertença a algum dos perfis abaixo, retire seu voucher on line e dirija-se à fila expressa para ingresso no dia e hora de sua escolha. O acesso gratuito está assegurado a:

-> Estudantes da rede pública de ensino fundamental e médio;

-> Professores da rede pública de ensino e de universidades públicas;

-> Pessoas com até 5 anos ou a partir de 60 anos;

-> Funcionários de museus ou associados do ICOM com selo da anuidade;

-> Guias de turismo;

-> Vizinhos do Amanhã;

-> Amigos do Amanhã

*Será necessário apresentar documento comprovando a possibilidade de meia entrada.

Com o seu voucher em mãos você deverá se dirigir ao local abaixo para trocá-lo por um cartão magnético que lhe dará entrada no museu e participação em algumas atrações interativas que estão espalhadas pelo museu. O cartão magnético deverá ser devolvido na saída. Guarde-o.

 

 

ATRAÇÕES

(Fonte de consulta para o texto: site portomaravilha.com.br)

O Museu do Amanhã apresenta exposições temporárias e algumas atrações fixas. Quando lá estivemos a exposição temporária era INOVANÇAS - Criações à BrasileiraApresentava a capacidade e a criatividade dos brasileiros para inventar coisas que fazem o nosso dia-a-dia ficar mais fácil. Está incluída no ingresso do Museu.

As atrações fixas abordam as áreas que o museu propõe para nosso conhecimento e reflexão: 

- De onde viemos ?

- Quem somos ?

- Onde estamos ?

- Para onde vamos ?

- Como queremos ir ?

E, para tal, apresenta cinco ambientes: Cosmos, Terra, Antropoceno, Amanhãs e Nós

 

COSMOS

É uma experiência que dura, aproximadamente, 10 minutos com a exibição de um filme em 360° que nos coloca no universo viajando pelas galáxias até partículas microscópicas.

O filme é interessante, porém a qualidade das imagens não é das melhores. Em alguns momentos fica bem ruim, o que acaba desviando nossa atenção do objetivo principal da exibição. Se apresentar a imagem desta forma era objetivo do filme ou alguma técnica de apresentação, confesso que não entendemos. Agradecemos qualquer explicação nos comentários. 

 

TERRA

 

Nesta parte, três cubos gigantes, onde entramos dentro, nos apresentam e colocam em discussão as três dimensões da existência; MATÉRIA, VIDA E PENSAMENTO

 

 

Aprendemos sobre o funcionamento do planeta, a biodiversidade, as relações entre as espécies e o desenvolvimento da cultura e do pensamento humanos.

 

ANTROPOCENO

 

A parte central se dedica a pensar o hoje, suas características e seus sintomas. É o Antropoceno – a era geológica em que vivemos hoje. Segundo alguns estudiosos a entrada nesta fase significa o momento em que o homem se tornou uma força planetária com impacto capaz de alterar o clima, degradar biomas e interferir em ecossistemas.

 

São totens com 10 metros de altura com conteúdo audiovisual sobre o impacto das ações do homem no planeta. Algumas informações são bastante assustadoras sobre o impacto para o futuro.

 

AMANHÃ

 

Uma reflexão sobre a melhor forma de se administrar o planeta e como nós vemos essa situação.

 

 

Uma das características bem interessantes do Museu é a interação com o visitante. Com o cartão magnético que você recebe na entrada você pode cadastrar alguns dados seus e ao encostar este cartão nas outras atrações o sistema já identifica você e vai registrando suas atividades dentro do museu. O banco de informações é bem grande e o visitante pode descobrir coisas muito interessantes.

 

NÓS 

 

Uma grande estrutura de madeira em forma de oca nos convida a entrar para uma experiência de luzes e sons.

 

 

A peça vertical central é um elemento da cultura aborígene australiana que representa a transmissão de conhecimento através das gerações. Na pedra que o sustenta um poema nos diz que a hora de começar é agora. Não devemos pensar que "amanhã vou começar", uma vez que o "amanhã" já está sempre começando em algum lugar do planeta. 

 

HOJE

 

Ao chegarmos ao final da "viagem" nos deparamos com um balcão de vidro que nos mostra o HOJE com uma visão sobre a Baía de Guanabara. Cá entre nós, um ótimo local para avaliarmos bem os males que temos causado ao nosso planeta.

 

 

NOSSA VISÃO

 

É louvável o papel educativo que o museu oferece aos seus visitantes. Este objetivo é bem cumprido e o caminho inevitável é a reflexão que cada um de nós deve fazer sobre o seu papel na conservação do planeta em que vivemos.  

O título que propositalmente demos ao nosso post - CONVITE À REFLEXÃO - na verdade reflete a expectativa quando entramos. Ao final do nosso percurso dentro do museu, depois de termos visto o que vimos, as informações que nos foram passadas e as possibilidades de futuro que nos esperam, concluímos que muito mais do que um convite à reflexão a mensagem que recebemos foi - A MUDANÇA É NECESSÁRIA  ...

 

E É URGENTE ...

 

PORQUE JÁ ESTAMOS ATRASADOS.

 

Veja também o post : PORTO MARAVILHA - 9 atrações em 3 km de caminhada