Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

O MATCH-DAY NA NFL - Miami Dolphins X New England Patriots 

 

 Foto: Felipe Antunes

Antes de entrarmos nos detalhes da viagem leiam abaixo o testemunho de um brasileiro acostumado com futebol e frequentador assíduo do Maracanã.

 

Texto: Felipe Antunes

Fui ao estádio para ver o Tom Brady, talvez o melhor quarterback da história, só que vi muito mais do que isso.

Vi um evento de uma dimensão que não conhecia no Brasil. Os fãs chegam com seus carros e param no imenso estacionamento ao redor do estádio, quatro ou cinco horas antes do jogo. E aí começa a festa. Abrem as malas e começam a descarregar suas tendas personalizadas, churrasqueiras, cervejas, rádios e tudo que se possa imaginar. É como se fosse um churrasco com seus... amigos, no portão do Maracanã, em dia de Fla x Flu... e com direito a uma peladinha no meio dos carros. Ah, sem brigas, claro. Tricolores e flamenguistas lado a lado. Pois é, dificil de imaginar. Só vendo pra entender... eu só entendi hoje.
 
Depois disso tudo, faltando 20 minutos pro kick off, entra-se no estádio. Sobe-se de escada rolante, claro. Senta-se com seus amigos ao lado do torcedor rival. Claro, dá uma zoada no sujeito, recebe outra de volta e batem as mãos, se apresentando ao novo parceiro e desejando boa sorte ao adversário. Nas próximas três horas vcs ficarão muito próximos.
 
A bola sobe, começa o jogo, porrada pra lá, porrada pra cá, ponto aqui, erro ali, risada, sacaneada no rival, musiquinha da torcida e um time sai vencedor.  Fim de jogo! Rivais se abraçam, parabenizam o adversário, dão a última zoada e cada um vai pra sua cidade. Provavelmente, jamais se encontrarão novamente, mas, naquele domingo, um não poderia ter vivido sem o outro.
 
E viva a NFL. Ainda prefiro o meu Fluzão no Maraca, mas bem que poderíamos ter umas pitadas de NFL...
 
 
 
Pois é, amigos e amigas. Esse foi o espírito que encontramos. Se você quer entender o que os americanos chamam de "MATCH DAY", dê uma lida no post.
 
TÓPICOS ABORDADOS:
 
- INGRESSOS
- ESTACIONAMENTO
- PRÉ-JOGO
- SEGURANÇA
- DENTRO DO ESTÁDIO
- O JOGO
- HOTEL
- RESUMO
 
 
INGRESSOS
 
Nossos ingressos foram comprados aqui mesmo no Brasil. Entrando no site da NFL você poderá comprar ingressos para jogos de qualquer equipe. A empresa oficial é a Ticketmaster. Os ingressos são bastante concorridos e os preços variam muito e fica impossível dizer a você quanto custa um jogo da NFL pois as variáveis são muitas. O preço depende da localização do assento, do dia e horário do jogo, da importância do jogo, da rivalidade entre as equipes, se é um ingresso comprado da própria NFL ou de revenda, etc. Nós pagamos US$ 508,00 por 3 ingressos SECTOR 335 , ROW 21 . Compramos com bastante antecedência. No mapa abaixo dá para ter uma ideia da localização dele e de alguns preços cobrados para um jogo desta temporada..
 
 
 
Sobre revenda vale a pena ressaltar que esse é um procedimento perfeitamente normal e oficial. No próprio site da NFL você irá saber se o ingresso que está sendo vendido é o original ou de revenda. Nós compramos ingresso de revenda, pois os originais já estavam esgotados, e imprimimos o ingresso aqui no Brasil e entramos sem o menor problema.
 
O site é completíssimo. Você vai escolher o time e o jogo e vai aparecer um mapa do estádio com todos os setores, Passando o mouse sobre os setores você já vai sendo informado sobre os preços. Escolhendo um setor vão aparecer os assentos ainda disponíveis pelo preço original (em azul) ou de revenda (em vermelho). O preço de revenda é dado pelo vendedor, portanto verifique vários lugares pois os preços podem ser diferentes para ingressos até na mesma fila.
 
Para checar os preços dos ingressos escolha o time de sua preferência depois de clicar no link abaixo. - INGRESSOS NFL . Cuidado que o site mostra os jogos na cidade do time escolhido e também fora de casa.
 
Para saber a classificação e saber se os times são da mesma conferência e divisão, o que significa jogo de maior rivalidade, basta clicar no link ao lado - CLASSIFICAÇÃO .
 
 
ESTACIONAMENTO
 
 
Os estacionamentos próximos aos estádios costumam ser imensos. No caso do estádio do Miami Dolphins não é diferente. Existem alguns lugares mais afastados que podem ser mais baratos, mas quando chegamos o trânsito nas proximidades já estava grande. Fomos seguindo o fluxo e caímos em um estacionamento que custava "apenas" US$ 30,00. Nem fizemos a conversão para reais. Quando você compra o ingresso pelo site existe opção para comprar vaga no estacionamento. Nós não fizemos isso.
 
O mais interessante do estacionamento é que ele faz parte do tal "MATCH DAY". Algumas pessoas nem entram no estádio para ver o jogo,  fazem só o "programa do estacionamento". Como você já deve ter visto no texto do Felipe, lá de cima, a diversão já começa ali.
 
 
As barracas com os comes e bebes.
 
Pai e filho batendo uma bola. Vimos muitos.
 
 
PRÉ-JOGO
 
Outro detalhe interessante a ser observado é o que acontece no lado de fora do estádio antes da partida começar. Vários patrocinadores do Miami Dolphins tinham tendas com atrações como banda tocando rock, um túnel de plástico inflável com fumaça para o torcedor atravessá-lo correndo como se fosse o jogador da equipe entrando em campo. Muita gente faz isso, tira a foto e leva junto a marca do patrocinador na foto que vai, depois, para as redes sociais. 
 
 
Um stand conta alguns detalhes da história da equipe. Algumas CHEERLEADERS ficam lá para que os fãs tirem fotos com elas. É grátis e cada torcedor pode ainda pegar um poster delas autografado (estão ali no lado direito da foto) e, se quiser, pode ainda comprar um calendário por US$ 15,00.
 
 
A loja de produtos oficiais, é claro, não poderia faltar. Vende de tudo e estava muito cheia. Em alguns momentos chegaram a controlar a entrada das pessoas. E muita gente comprando. Todos os caixas com filas. Interessante observar na foto torcedores com camisa do New England entrando e saindo da loja.
 
 
SEGURANÇA
 
 
Por tudo que estamos vivendo e pelo envolvimento americano em várias situações de conflito, é claro que a vigilância é imensa em todos os locais. Para entrar na loja todos passam por um detector de metais. Não é permitida a entrada com bolsas ou mochilas no estádio. Tive que deixar a bolsa da minha máquina fotográfica no carro. Tive que colocá-la dentro de um saco plástico que os policiais estavam distribuindo próximo das entradas. Mas foi permitida a entrada da máquina e da lente zoom adicional.
 
É bastante recomendável deixar bolsas e mochilas no hotel ou no carro. Existem locais para você deixar as bolsas guardadas e pegá-las ao término do jogo, mas as filas estavam grandes.
 
 
DENTRO DO ESTÁDIO
 
 
Chegando próximo da hora do início da partida resolvemos entrar. Ao chegar ao meu assento havia um papel colado. Era um bilhete de um dos patrocinadores avisando que eu tinha direito a retirar um brinde no stand deles antes do término da partida. Era um porta copos até de pouco valor, mas confesso que a sensação de ter sido "premiado" foi bem legal.
 
Como os lugares são marcados, muita gente entra minutos antes do início e ainda dá uma passada nos inúmeros locais que vendem comida para fazer um lanche.
 
 
O primeiro time a entrar em campo foi o New England, sem qualquer destaque e, lá também acontece, embaixo de uma pequena vaia. Logo depois foi a vez do time da casa. Aí toca música, o locutor grita, a torcida canta, sai fumaça do túnel e os titulares entram, um por um, com o nome anunciado e fogos de artifício.
 
 
O hino nacional é um momento bastante importante e que é levado muito a sério. A esta altura já havia bastante gente e no decorrer da partida ficou praticamente lotado. Vale lembrar que o New England já estava classificado e tentava apenas ser o primeiro colocado no geral, e o Miami já estava eliminado.
 
 
O JOGO
 
 
O jogo, como já havíamos visto pela TV, é muito bom. Mas acontecem muitas paradas, fato que faz o jogo ficar longo. Em uma dessas paradas, durante a realização do terceiro quarto, a torcida começou a aplaudir e ficamos sem entender o que estava acontecendo. Descobrimos quando o placar informou que era uma homenagem a um policial que estava recebendo uma placa com a presença dos seus familiares. 
 
A participação da torcida não é como a que estamos acostumados a ver aqui no Brasil. Não incentivam o time. Comemoram as boas jogadas e cantam e dançam a cada vez que o DJ os incentiva pelo som do estádio. Mas fica animado. Nas partidas decisivas e importantes a participação da torcida é mais efetiva.
 
 
HOTEL
 
 
O hotel em que ficamos foi o Hampton Inn Miami Dadeland. Um pouco afastado dos pontos principais de Miami mas fica ao lado do Dadeland Mall, um shopping importante de lá, e ao lado de um outro shopping que tem uma loja da Best Buy e outra da Sports Authority. O hotel é nota 9. Bom preço e muito bem cuidado. Não é o melhor hotel para quem vai ver algum jogo do Miami Dolphins pois fica a cerca de 1 hora de carro. Ficamos lá por outros interesses na região.
 
RESUMO
 
 
Quem gosta de esporte certamente vai gostar de viver essa experiência. Mas o melhor de tudo foi ver o que pode ser feito em termos de entretenimento e participação dos patrocinadores em um evento esportivo. Aqui no nosso futebol, e até nos outros esportes, patrocínio é pagar para expor a marca na camisa do time e colocar placas nos estádios. Quanta coisa pode ser feita até para aproximar e criar algum vínculo do torcedor com o patrocinador da sua equipe. Quanta coisa pode ser feita para gerar divulgação espontânea. Estamos engatinhando nessa área
 
Dá para fazer muita coisa com o tal do MATCH DAY. E juntando com a nossa paixão, com o que sabemos fazer nas arquibancadas e colocando o evento esportivo sem sofrer interferências exageradas do marketing, dá para transformar nossas idas aos estádios em programas imperdíveis.
 
Ah ! Quase que me esqueço. O jogo terminou Miami Dolphins 20 x 10 New England Patriots.
 
Uma boa pedida para uma viagem com um jogo da NFL é juntar com um jogo da NBA. É outro evento bem interessante e que deve ser visto, mas não tem o envolvimento nem a grandiosidade de um jogo da NFL. Outra opção é aproveitar a viagem à Flórida para conhecer sua costa oeste. Existem praias muito bonitas por lá. Veja mais detalhes em nosso post A COSTA OESTE DA FLÓRIDA (em breve).
 
 
POSTS RELACIONADOS